Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting
TODOS OS DIAS 14H-24H horario Portugal Continental

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

21 FEVEREIRO, 3ªF 
Português detido em Espanha. Tentou decapitar espanhol com serra

Tudo começou devido a uma discussão no trânsito.
Um português de 49 anos foi detido na sexta-feira passada em Godella, Espanha, por tentar decapitar um cidadão espanhol com uma serra, confirmou fonte da polícia de Godella ao Notícias ao Minuto.
Apesar de o homem atacado ter ficado apenas com ferimentos ligeiros, assim como a mulher que o acompanhava, a discussão que começou no trânsito podia ter resultado numa verdadeira tragédia. Mesmo assim, o português é agora acusado de tentativa de homicídio.
Segundo a polícia tudo aconteceu à porta de um supermercado, quando o português terá saído do seu veículo para chamar à atenção o casal espanhol que tinha deixado na estrada o seu carrinho das compras. Irritado, o detido foi à mala do carro e tirou uma serra, tentado de seguida atacar o espanhol.
A vítima masculina conseguiu escapar ao primeiro golpe, mas acabou por ficar ferida. A mulher tentou defender o marido, mas também ficou com um corte na mão. Os dois foram levados para o hospital.

***************
Recibos Verdes: novidades do IRS em 2017 
Como já verificamos anteriormente, 2017 traz algumas mudanças no IRS. 
Algumas dessas mudanças terão também efeito nos trabalhadores a recibos verdes. 
Conheça-as de seguida:
-Regime de Tributação
-Prazo de Entrega do IRS
-Retenções na Fonte
-Os Modelos de 2016 mantêm-se em Vigor

******************************
Recibos Verdes: Se quer mudar de escalão, só tem mais uma semana 
Os trabalhadores independentes estão prestes a ficar sem oportunidade de alterar o nível de descontos deste ano. Tome atenção e não deixe passar o prazo.
O dia 28 de fevereiro marca o final do prazo definido pelo Governo para receber os pedidos de alteração de escalão contributivo dos trabalhadores independentes.
Os conntribuintes que desempenhem funções no regime de recibos verdes têm oportunidade de alterar as tabelas definidas em outubro do ano passado e quem tiver reiniciado ou iniciado atividade a partir de novembro pode alterar a classificação recebida na abertura dessa mesma atividade.
Mas atenção: os pedidos seguem regras e foram impostos limites aos pedidos.

******************

Avião despenha-se contra centro comercial na Austrália 
Acidente com avioneta faz cinco mortos em Melbourne.

Link enviado por Zezinha Andre
Uma avioneta caiu esta terça-feira junto a um centro comercial perto da cidade australiana de Melbourne. O aparelho explodiu numa "enorme bola de fogo", e a polícia a informa que nenhuma das cinco pessoas que estavam a bordo sobreviveu.

*******************
Escolas privadas continuam a inflacionar notas no secundário 
As notas atribuídas pelas escolas privadas em 2016 aos alunos do secundário foram mais altas em cerca de 0,67 valores do que as das escolas públicas, segundo um estudo que compara as classificações internas no ensino secundário.
"Existe um desalinhamento persistente e especialmente marcado entre os subsistemas público e privado independente. Aos alunos de estabelecimentos públicos são, em média, atribuídas classificações internas mais baixas do que aos seus colegas do subsistema privado que, posteriormente, obtêm resultados iguais nos exames nacionais", indica o estudo, publicado no 'site' da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e da Ciência (DGEEC).

****************
Meia centena de empresários de diversão concentrados para pedir apoio ao setor 
Empresários da diversão itinerante vão manifestar-se esta terça-feira em Lisboa em frente aos ministérios das Finanças e da Administração Interna, para reivindicar medidas de apoio à sustentabilidade do setor. Segundo o presidente da Associação Portuguesa de Empresas de Diversão (APED), Luís Fernandes, os protestos começam pelas 8h30 com uma concentração junto ao Ministério das Finanças e, às 10h, terá lugar outra manifestação junto ao Ministério da Administração Interna.
Cerca das 11h, os associados da APED “vão estar presentes na sessão pública da Câmara de Lisboa sobre a nova Feira Popular”, no Capitólio, adiantou o presidente da direção daquela associação. Da parte da tarde, cerca das 14h, terá lugar uma nova concentração junto ao Ministério das Finanças.

************
Governo dá tolerância de ponto no Carnaval 
O Governo decidiu dar tolerância de ponto na terça-feira de Carnaval, no dia 28 de fevereiro, aos trabalhadores que exercem funções públicas, refere um despacho assinado pelo primeiro-ministro, António Costa.
Segundo o despacho a que a Lusa teve hoje acesso, o Governo justifica que "embora a terça-feira de Carnaval não conste da lista de feriados obrigatórios", existe em Portugal "uma tradição consolidada de organização de festas neste período".

***************

Igreja admite pôr fim a padrinhos de batismo 

Link enviado por Zezinha Andre

Bispo italiano eliminou figuras na sua diocese, lançando o debate por todo o Mundo.

***************
Greve de corpo de elite dos guardas prisionais adia julgamentos 
O presidente do Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional afirmou hoje que há três julgamentos em Lisboa que não vão ser realizados devido à greve de cinco dias do Grupo de Intervenção e Segurança Prisional.
"Uma das sessões da Operação Fénix [processo relacionado com a utilização ilegal de seguranças privados], marcada para sexta-feira, não irá realizar-se porque não vai haver pessoal para garantir a segurança e do transporte dos reclusos" para o tribunal, disse Jorge Alves em conferência de imprensa em frente ao tribunal do Monsanto.

************

Directores dos hospitais do Algarve desistem de esperar e demitem-se 
Médicos dizem que reunião com ministro há um mês não teve efeitos. Ex-adjunta do director clínico denuncia falta de investimento em equipamentos e “maus resultados” na assistência aos doentes.
Directores dos departamentos do Centro Hospitalar do Algarve abandonaram as suas funções há uma semana .
A “falta de uma orientação estratégica visível e motivadora” por parte da administração do Centro Hospitalar do Algarve (CHA) levou à demissão da adjunta do director clínico, Ana Lopes, e de três directores de departamento desta unidade de saúde, que aprovou agora o seu regulamento interno. Um regulamento que tem suscitado alguma polémica.
Esta tomada de decisão ocorre dois meses depois de Ana Lopes e dos directores dos departamentos de Emergência, Urgência, Cuidados Intensivos, Cirurgia e Medicina terem apresentado a demissão — uma decisão que foi, já em Janeiro, travada pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, depois de uma reunião em Lisboa na qual aqueles responsáveis aceitaram suspender o abandono dos cargos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário